O coordenador pedagógico e a sua função

A coordenação pedagógica passou por uma transição na década de 1990, a partir da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional(Lei 9394/1996). Desse modo, o coordenador acabou deixando para trás o aspecto controlador e fiscalizador de suas atribuições para assumir a corresponsabilidade pela sala de aula, tirando a exclusividade desse trabalho do professor, e atuando a seu lado no acompanhamento do desempenho dos alunos. Concentrou também a função de “coordenação de pais” estreitando os vínculos entre a família e a escola.

Assim, passou a ter um papel importantíssimo na gestão pedagógica: a função de articulador do projeto pedagógico da escola e da rede onde ela está inserida, tomando para si a responsabilidade da formação continuada dos professores. A seguir detalhamos algumas das funções desse profissional, confira:


As funções do coordenador pedagógico

O coordenador pedagógico possui diversas atribuições dentro do contexto escolar. Dentre elas, podemos destacar:


Coordenação dos interesses pedagógicos, ou seja, tudo que diz respeito ao funcionamento pedagógico das escolas;

Liderar a construção do Projeto Político Pedagógico, bem como, a proposição de alternativas para o melhor cumprimento deste documento;

Verificar e buscar garantir a viabilização dos recursos necessários para aulas e reuniões;

Assessorar as atividades relativas ao funcionamento pedagógico da unidade escolar, além de promover debates para que haja construção coletiva de ideia e planejamentos para promover uma educação de qualidade;

Supervisionar a prática pedagógica afim de garantir que ela aconteça efetivamente. É importante destacar que esse profissional não tem a função de inspecionar o professor e sim, buscar auxilio para promover ações que busquem solucionar problemas;

Formação continuada dos professores, para mantê-los sempre atualizados e alinhados com a metodologia que a escola segue;

Organização de conselhos de classe a apresentação de sugestões para que as diferentes práticas de ensino-aprendizagem possam obter resultados efetivos nos alunos;

Realização da ponte entre família e escola, para que ambas possam construir juntas uma educação de qualidade.


Contudo, sua principal função é tornar o processo de ensino-aprendizagem mais significativo. Assim, todo o trabalho do coordenador é voltado para que o grupo atinja os resultados desejados.

   Compartilhar no Facebook